Utilizando lixo recolhido no mar e  em estômagos de aves, o trabalho de Mandy Barker obriga-nos a encarar  os resíduos que produzimos.  Mandy Barker demorou poucas horas a recolher numa praia inglesa  os quinhentos pedaços de plástico visíveis nesta fotografia.

A artista planeia os seus projectos em colaboração com oceanógrafos. As imagens “conferem uma voz visual à ciência”, transmitindo o impacte do plástico no ambiente de uma forma que os artigos científicos não conseguem. Mandy acredita que já não existe nenhum sítio no mundo sem plástico: “Desde os pólos ao equador, da superfície ao fundo do mar.” Com o projecto, ela quer que fiquemos também profundamente convencidos.

Conheça mais sobre este projecto em Arte com plástico poluente

arte com plástico

Pesquisar