Este botão de papoila nascituro, fotografado numa manhã de Primavera rente ao chão exigiu um contraluz desafiante para a focagem de uma modesta câmara. “Foi captado  no dia do meu aniversário”, conta a autora Carla de Menezes.

A bióloga Angelica Crottini precisou de semanas até conseguir avistar o primeiro sapo-de-unha em Itália, mas no Mindelo avistou várias centenas na mesma noite.

Na baía de Cenderawasih, na Indonésia, a boca gigante de um tubarão-baleia abre-se para mais uma refeição.

Caem cerca de 26 mil relâmpagos por ano sobre o Parque Nacional do Grande Canyon. 

Na costa meridional da Califórnia, uma curiosa foca-comum espreita através de uma floresta de algas.

Os bagualeros são vaqueiros que capturam gado de criação bravo.

António Pereira, do Porto, viajava pelo Parque Nacional dos Picos de Europa, na região dos lagos de Covadonga, em Espanha.

A luz solar desce sobre a entrada da gruta de Rising Star, a cerca de cinquenta quilómetros de Joanesburgo.

O Norte de Santiago é um lugar de má memória para antigos presos políticos do Estado Novo.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar