O rio Nilo é a razão de existência de um país e, sobretudo, como berço de origem de uma civilização ímpar. O seu curso, ao longo de milhares de quilómetros, permite que a agricultura seja possível mesmo em pleno deserto. É uma mancha verde que comtrasta com a aridez que o envolve.

Fotografia Kenneth Garrett

deuses

Pesquisar