A bióloga Angelica Crottini precisou de semanas até conseguir avistar o primeiro sapo-de-unha em Itália, mas no Mindelo avistou várias centenas na mesma noite.

Na baía de Cenderawasih, na Indonésia, a boca gigante de um tubarão-baleia abre-se para mais uma refeição.

Em Ponta do Ouro, no Sul de Moçambique, recifes saudáveis asseguram o regresso anual de cardumes de pequenos peixes pelágicos migradores, que atraem predadores como o venenoso peixe-leão.

Na costa meridional da Califórnia, uma curiosa foca-comum espreita através de uma floresta de algas.

Os bagualeros são vaqueiros que capturam gado de criação bravo.

Nos recifes de Nusa Penida, uma Manta alfredi nada tranquilamente em direção a uma estação de limpeza.

A luz solar desce sobre a entrada da gruta de Rising Star, a cerca de cinquenta quilómetros de Joanesburgo.

O Norte de Santiago é um lugar de má memória para antigos presos políticos do Estado Novo.

Após o merecido restauro, a Sé de Santarém mostra-se exuberante pela imponência artística deste magnífico exemplo de barroco, que contrasta com a austeridade imposta por Roma no século XVIII.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar