O afundamento intencional do navio Madeirense, ao largo da ilha de Porto Santo, criou um autêntico oásis de vida marinha onde anteriormente pouco mais existia do que areia. 

A sua exploração é possível em mergulho, mas sempre sob olhar atento de grandes meros, os guardiões deste naufrágio.

Fotografia: Nuno Vasco Rodrigues

porto santo

Pesquisar