Guerreiros suri, uma tribo que vive no vale do Omo, enfrentam-se e medem forças munidos de lanças num ritual chamado Donga.

No interior da ilha Terceira, nos Açores, pequenas manchas de floresta de nuvens vão resistindo às transformações do território impostas pela agricultura e pela pecuária.

A sul do Tejo, os densos bosques de sobreiros e azinheiras deram ancestralmente lugar aos montados, sistemas agrossilvopastoris extensivos que se constituem como um dos habitats humanizados mais biodiversificados do mundo.

O fogo é uma ferramenta, uma dádiva e um perigo, aprendido pelas crianças anangu de Watarru, uma das terras ancestrais dos aborígenes onde a tradição ainda alumia o caminho dos aborígenes, considerados os primeiros Australianos.

Sobrevoado a baixa altitude, o EVOA, em Vila Franca de Xira, revela a interligação delicada dos seus múltiplos canais aquáticos.

Numa incursão pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês, o fotógrafo avistou uma manada de vacas de raça barrosã pastando em regime livre no meio de urzes.

A face leste do monte Roraima é o ponto mais elevado da Guiana. Os autóctones chamam tepuis ou “rebentos de rocha” a estes relevos do tipo mesa, de topos aplanados. São vestígios de um planalto primitivo que foi erodido ao longo de milhões de anos.

A costa meridional da península do Sado é um dos paraísos para o mergulho e actividades náuticas.

Junte-se à comunidade de fotografia da Revista National Geographic Portugal no Facebook e partilhe as suas melhores imagens. 

Pesquisar