Em 24 de Abril de 1917, o submarino alemão U-35 afundou quatro navios mercantes na costa sul de Portugal, ao largo de Sagres e Lagos. 

No início do século XX, a abertura de uma estrada na freguesia de Capela (Penafiel), revelou sepulturas romanas e estelas funerárias, datáveis entre o século I e IV d.C. 

Em 79 d.C., a erupção do Vesúvio soterrou as cidades de Pompeia e Herculano e carbonizou muitos dos conteúdos orgânicos, incluindo o pão nas padarias de Pompeia. Farrell Monaco, uma arqueóloga que se dedica à culinária antiga, investigou a história de um pão popular e recriou a receita.

O resplendor de Nossa Senhora da Piedade é uma peça de ourivesaria oferecida à imagem desta igreja de Santarém por Dom Pedro II.

Parte insubstituível da produção artística portuguesa dos últimos quinhentos anos, o azulejo é, paradoxalmente, ainda mal conhecido. Um projecto de investigação procura preencher o vazio.

Em 1589, um burguês alemão foi acusado de assumir a forma de um lobo e devorar crianças e adultos. A sua condenação talvez tenha sido uma maquinação.

Começou por ser uma brincadeira e acabou por tornar-se uma das palavras mais usadas do mundo.

O primeiro povoamento decorreu entre a Idade do Ferro (no fim do século V a.C.) e a época romana (até ao fim do século I d.C. ou início do II) e a segunda produziu-se já num contexto de fortificações islâmicas, implantadas na região entre os séculos IX ou X até ao século XII.

Há 50 anos, a lei do ar limpo seguiu a ciência e tornou-se um modelo para o mundo.

Pesquisar