O primeiro painel paleolítico descoberto no Douro e vale do Côa.

Há 50 anos, a lei do ar limpo seguiu a ciência e tornou-se um modelo para o mundo.

Paradigma das favoritas que reinaram em Versalhes, Jeanne-Antoinette Poisson, marquesa de Pompadour, foi uma mulher de negócios, mecenas das artes e promotora das manufacturas reais, como a fábrica de porcelana de Sèvres.

Em 79 d.C., a erupção do Vesúvio soterrou as cidades de Pompeia e Herculano e carbonizou muitos dos conteúdos orgânicos, incluindo o pão nas padarias de Pompeia. Farrell Monaco, uma arqueóloga que se dedica à culinária antiga, investigou a história de um pão popular e recriou a receita.

Geira, Via Nova e Via XVIII do Itinerário de Antonino são os nomes da estrada romana mais bem preservada de Portugal.

O Palácio de Queluz remonta aos tempos em que a nobreza e a corte festejavam efusivamente o seu modo de vida.

Em 1589, um burguês alemão foi acusado de assumir a forma de um lobo e devorar crianças e adultos. A sua condenação talvez tenha sido uma maquinação.

“Praia Grande”, um óleo de 1880 do pintor Alfredo Keil, constituiu um bom estudo de caso de informação geológica que se pode extrair de uma pintura com mais de um século.

Este centro, foi escavado por uma rainha e visitado por um dos grandes autores de fábulas infantis.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar