Revemos aqui algumas das reportagens mais lidas no nosso site.

Grande Rota do Atlântico: de Peniche a Torres Vedras

Rota Atlântico

Setenta quilómetros mágicos entre praias, arribas, cabos, fósseis de dinossauros e vestígios constantes de uma rica história humana.

Texto: Miguel Reis Silva

A Grande Rota do Atlântico (GR11) integra a Grande Rota Europeia (E9) que tem o seu início em São Petersburgo (Rússia) e atravessa os países vizinhos do oceano Atlântico. Em território nacional, a GR11 apresenta-se como um percurso de mais de 900 quilómetros entre o cabo de São Vicente e a Nazaré.

Continuar a ler

Ensaio fotográfico: a pandemia no interior do Norte de Portugal

pandemia

Enquanto Portugal luta contra as ondas sucessivas da pandemia, o despovoamento do interior rural mantém os idosos relativamente seguros do vírus, contribuindo, no entanto, para destacar problemas de longa data.

Texto e Fotografias: Violeta Santos Moura

No início da pandemia, os números de infecção por coronavírus (COVID-19) eram quase inexistentes nas áreas do interior do Norte de Portugal, fazendo com que o vírus parecesse um perigo distante. Mas, a partir de Outubro de 2020, o vírus começou a aproximar-se das pequenas aldeias e o que se tornaria a segunda onda da pandemia no país trouxe consigo o inevitável para essas áreas remotas: infecções crescentes, confinamento, medo.

Continuar a ler

Milreu: sonho rural romano com os olhos postos no mar

milreu

Contrariando o senso comum, nem tudo está escavado no sítio arqueológico de Milreu, berço da arqueologia moderna portuguesa. Um projecto de restauro está a revelar muito sobre os artistas da antiguidade.

Texto e fotografias: Hugo Marques

Em 1963, César dos Santos, um dos melhores jornalistas algarvios, lamentava: "quem compreende a alma das ruínas? Quem quer que seja pode trazer pedrinhas romanas" das ruínas. O repórter não poderia adivinhar que Milreu já estava a mudar. E que o melhor estava para vir.

Continuar a ler

O novo mosaico de Mértola

mertola

O maior segmento do mosaico encontrado integraria uma das capelas do complexo religioso paleocristão de Mértola. A figuração, a técnica construtiva e o contexto tornam-no único em Portugal.

Texto: Gonçalo Pereira Rosa
Fotografias: António Cunha

“Depois do calor do Verão, os deuses favoreceram-nos”, brinca Virgílio Lopes, investigador do Campo Arqueológico de Mértola (CAM). No âmbito dos trabalhos de escavação, conservação e valorização em curso, foi identificado em Julho um mosaico extraordinário, próximo dos dois baptistérios conhecidos desde 2013, na encosta do castelo.

Continuar a ler

O que nos diz o chão debaixo da Sé de Lisboa?

sé de lisboa

A catedral e o rio. A Sé de Lisboa está implantada na zona antiga da capital, nas imediações do rio Tejo. Tal como na maioria das cidades de traça antiga, Lisboa desenvolveu-se a partir do castelo, numa das colinas da cidade. As evidências sugerem que o espaço sacralizado foi em tempos ocupado por outros monumentos de grande volumetria no período romano e no período islâmico.

Texto: Paulo Almeida Fernandes

Entre os séculos XII e XIV, o complexo catedralício lisboeta sobrepôs-se a realidades urbanas anteriores, geradas sobretudo nos tempos romano e muçulmano. A construção da catedral, na prática, destruiu e ocultou marcas de antigos usos daquele trecho urbanístico. Grande parte dessa história permanece por conhecer

Continuar a ler 

Pesquisar