Em finais de 2020, prevê-se que mais de cem milhões de pessoas se encontrem em situação de pobreza extrema, vivendo com menos de 1,60 euros por dia. Outros milhões de pessoas estão a empobrecer. As situações de confinamento prolongado poderão agravar estas previsões, já de si sombrias, em 2021.

Em Dezembro de 1914, suspendeu-se a guerra por umas horas e os soldados de ambos os lados das trincheiras voltaram a ser apenas civis.

A razão para as muralhas é hoje repensada.

Obra máxima do estilo manuelino, o Mosteiro dos Jerónimos explica ao mundo, com esplendor, a história da Expansão Marítima portuguesa.

Elevada à categoria de mito pela historiografia romântica, a rainha de França foi uma mulher ultrapassada pelo momento histórico que lhe calhou viver. A coragem com que enfrentou a guilhotina, dignificou-a perante a história.

A tecnologia fornece informação inédita aos historiadores e aos conservadores. E o velho túmulo do arcebispo de Braga vai revelando pistas impressionantes.

A Covid-19 encurralou-nos,substituindo situações familiares por incógnitas desorientadoras. Muito mudou e muito continua a mudar. Por isso, é bom encontrar algo totalmente inesperado... mas positivo em todos os sentidos. 

Chamamos-lhe novo coronavírus. Ou SARS-CoV-2. Ou COVID-19. Independentemente do nome, o vírus dominou por completo o ano de 2020, troçando das nossas defesas e dominando a nossa existência.

Em 1989,  uma escavação de emergência no abrigo do Buraco da Pala descobriu outro abrigo que incluía painéis com figuras pintadas avermelhadas.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar