Há duas décadas, praticamente perdemos uma raça bovina autóctone. Agora, o efectivo encontra-se estável, mas a extinção ainda paira sobre estes animais. Cientistas e veterinários recorrem à genética para a tentar travar.

Ao longo dos seus dois mandatos, o presidente norte-americano Barack Obama protegeu mais áreas marinhas que qualquer outro presidente dos Estados Unidos, mas a luta pela preservação destes santuários está apenas a começar.

O Sol desvanece-se. Qual pérola, a Lua ergue-se. E acontece magia.

O abate ilegal de árvores quase provocou a extinção do mogno no Peru. Os madeireiros exploram agora espécies menos conhecidas, mas cruciais para a floresta tropical.

Há 129 anos que a National Geographic Society financia pioneiros que utilizam a ciência, a exploração e a reportagem para mudar o mundo. Criados em 1976, os prémios Rolex for Enterprise asseguraram um caminho paralelo, identificando e apoiando pioneiros notáveis que trabalham para melhorar vidas, proteger o planeta e impulsionar o conhecimento humano. Nas páginas seguintes, apresentamos alguns vencedores recentes, personalidades inspiradoras que se diferenciaram pela sua visão e pelos feitos alcançados e outros exploradores da National Geographic. 

Pepe Brix, acompanhou a odisseia da pesca do atum nas águas dos Açores, traçando o perfil da luta constante entre o homem e os grandes cardumes de uma espécie fundamental para a indústria da pesca.

No meio de jogos de poder por parte da China, um grande pesqueiro encontra-se em risco.

Talvez os zoológicos tenham de escolher entre preservar os animais que queremos ver e aqueles que podemos não voltar a ver.

É muito mais do que um simples parque. É o lugar onde, há mais de 140 anos, os seres humanos começaram a negociar um tratado de paz com a natureza selvagem. Essas negociações ainda decorrem, com urgência crescente, em Yellowstone e em todo o planeta, à medida que o mundo humano se expande e o mundo natural regride. Conseguiremos chegar a um acordo?

Pesquisar